Poetas 3 x 4

Pedro Lopes

                                       Portugal




Amar…

Amar é chorar como quem ri

É tremer de frio e sentir calor

É perder o sangue sem dor

É estar triste quando sorri

Amar é acordar sem ter dormido

É sentir o coração nas mãos

É suar sem se mexer, é gemido

É intenso querer fazer Amor contigo

Amar é andar mesmo sem pernas

É ser odiado e gostar de ti

É perder a cabeça e não apenas

É teu perfume no ar, eu senti

Amar é sem reino ser Rei

É lutar sem espada

É ser humilhado e dizer Amei

Amar multiplicação de sentir centrado em ti
 



Imperfeitamente linda


Imperfeitamente linda tênue vai a noite,
iluminada artificialmente em teu quarto.
Por entre paredes brilhas num suspiro doce,
longe da vista que não alcança, mas que tanto tenta…
Amamentas este coração que pede trespasse na esperança,
na crença profunda, na utopia, no querer, no sonho…
Na verdade omitida, na coragem perdida, na dor sentida…
Sujas de pólen ao chegar perto, ao emergir em ti, ao sorrires.
Leve a tua mão que custa a segurar pesada de sentimento,
cujo toque é o alimento, para quem não tem mais sustento.
Do nada fizeste “imenso”, da vida um ideal, e o amor real…
Sujas a vida de jovialidade, a perpetuas para além da idade,
imortal na amizade, eterna no amor, passageira na dor…
Imperfeitamente linda, ainda assim tão mais Linda.
 


Pedro Lopes é natural de Montargil, Portugal.
Livros publicados: Reminiscência de Infinito Sentir - Edições Ecopy
Plenitude do Sentir - Editorial Minerva,  Postumus Est - Edições Ecopy
 Romance - Um Amor Perfeito numa Vida Imperfeita - Corpos Editora
 Colectânea - Labirinto de Espelhos - Editorial Minerva
 


Envie seu comentário para o e-mail do autor: pedro_lopes777@hotmail.com
Se você gostou indique o endereço:
www.almadepoeta.com/poetas3x4.htm

Voltar para Poetas 3 x 4



home    galeria de arte    poetas em destaque    poetas 3x4    poetas imortais    colunistas    cinema    concursos

páginas pessoais     agenda poética     poetas no You Tube      fala poesia     oficina virtual      histórico

Clique e entre



Seu site de poesia, arte e algo mais...


www.almadepoeta.com

Alma de Poeta
©Copyright 2000 / 2007 by Luiz Fernando Prôa