Artur Gomes



 

 como ser soul onde tudo  jazz?

 

deixa rolar o samba

deixa rolar o rock

deixa rolar o blues

 

ouvidos sem fronteiras

fulinímas sem limites

raiz em que tudo cola

 

no meio de campo toco a bola

e quem quiser que acredite



 

Carne Proibida

o preço atual
proíbe que me coma
mas pra ti 
estou de graça
pra ti 
não tenho preço
sou eu quem me ofereço
a ti: 
músculo & osso
leva-me à boca
e completa o teu almoço



 

Drummundo

 

eu sou drummundo e me confundo

na matéria amorosa

posso estar na fina flor da juventude

ou atitude de uma rima primorosa

e até na pele/pedra quando  invoco

e me desbundo baratino

e então provoco umbarafundo cabralino

e meto letra no meu verso estando prosa

e vou pro fundo do mais fundo

o mais profundo mineral

guimarães rosa

 




engenho 484
 para Jiddu Saldanha

arrancar do gesto a palavra chave
da palavra a imagem xis
tudo por um risco
tudo por um triz

o trem bala
cospe esqueletos
no depósito da central

fuzil pode ser nosso brinquedo
- novo enredo -
para o próximo carnaval.

 


 


Escute algumas músicas do CD Fulinaíma outras vozes outras falas.


 

Musica 1

Musica 2

Musica 3

Musica 4

Musica 5

Clique no título para baixar a música
 



Se você gostou indique o endereço: www.almadepoeta.com/marko_andrade.htm
Veja também: http://www.almadepoeta.com/fulinaima.htm
Contatos com o artista: fulinaima@uol.com.br




home    galeria de arte    poetas em destaque    poetas 3x4    poetas imortais    colunistas    cinema    concursos

páginas pessoais     agenda poética     poetas no You Tube      fala poesia     oficina virtual      histórico

Clique e entre




www.almadepoeta.com

Alma de Poeta
 
© Copyright 2000 / 2007 by Luiz Fernando Prôa